quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Órgão do BNA, para detectar actos de branqueamento de capitais, começa a funcionar em 2011 TPA

A Unidade de informação financeira do Banco Nacional de Angola, vocacionada a análise, prevenção e detecção de tentativas de utilização do sistema financeiro angolano para actos de branqueamento de capitais ou de financiamento do terrorismo, começará a funcionar no primeiro trimestre de 2011, segundo previsão apresentada pelo Governador José Massano, na Terça – feira, 28/12, em Luanda.Prevê-se também que a solidez do sistema financeiro ganhe novo impulso com a implementação do Programa de consolidação da Banca angolana, que passará pelo reforço da estrutura de capitais dos Bancos, e a adopção de critérios de prudência em harmonia com as melhores práticas internacionais para a indústria financeira.

Para o desempenho da economia angolana em 2010, a Direcção do BNA, destacou o Rating com perspectiva positiva atribuída a Angola, por três agências internacionais que classificam os riscos, fazendo com que o país, melhorasse o seu estatuto no mercado de dívida soberana.

Por outro lado, realça-se também o desembolso pelo Fundo Monetário Internacional, FMI, da segunda e terceira tranches do financiamento baseado no acordo Stand By, ratificado pela Angola.

De notar que, para 2011, segundo o BNA, o produto interno bruto, PIB, deverá crescer cerca de 4 por cento, realçando-se o sector não petrolífero que deverá se situar em torno dos 5, 7 por cento.



http://www.angonoticias.com/full_headlines_.php?id=29913

Sem comentários:

Enviar um comentário