quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Angola vai ministrar curso de pós-graduação em telecomunicações

Angola vai ministrar curso de pós-graduação em telecomunicações



Luanda – O ministro das Telecomunicações e Tecnologias de Informação, José Carvalho da Rocha, anunciou hoje, em Luanda, para breve, a abertura do curso de pós-graduação em telecomunicações, a ser ministrado no Instituto Superior de Tecnologia de Informação e Comunicação (ISUTIC), em construção na capital do país.

Ao discursar na cerimónia de cumprimentos de fim-de-ano aos funcionários do sector, realizada no Palácio das Telecomunicações, José da Rocha informou que para o referido curso e outros níveis de formação o ISUTIC contará com o apoio do Inatel –Brasil, a julgar pela experiência da instituição brasileira.

O ministro, que não avançou mais detalhes inerentes ao projecto do instituto, salientou haver ainda muito por se fazer a nível do sector que dirige, não obstante as inúmeras realizações de 2010, para que os resultados esperados possam aparecer de forma abrangente a toda a população.

Segundo o governante, durante o ano 2011, paralelamente aos projectos a serem desenvolvidos, o ministério vai dedicar-se ao melhoramento das condições de trabalho e sociais dos funcionários do sector, por forma a responder aos desafios que se avizinham.

“Procuraremos partilhar informações e estratégias para que todos nós do sector possamos cada vez mais cumprir com a nossa missão, independentemente da instituição que representamos, de levar os serviços das TIC's a toda a população, onde quer que se encontre, com qualidade e baixo preço” - disse.

De acordo com o governante, em 2010 foram dados passos significativos, com realce para a massificação no acesso aos serviços móvel, incluindo a possibilidade dos cidadãos acessarem os serviços de banda larga, premissa para a edificação da sociedade de informação em Angola.

Entre os feitos do corrente ano, José Carvalho da Rocha citou também o amplo trabalho de discussão pública das propostas de actualização do Livro Branco das Tecnologias de Informação e da legislação associada, que permitirá o ministério, o Instituto Nacional de Comunicações (Inacom), operadores e os utilizadores saberem dos seus deveres, direitos e limites.

O início da implementação do E-GOV (portal do governo), com vista a implementação da política de fomento do acesso e do serviço universal, uma maior divulgação do estado do tempo e do clima, pelos órgãos de informação são outras realizações do Ministério das Telecomunicações destacadas pelo ministro.

http://www.portalangop.co.ao/motix/pt_pt/noticias/ciencia-e-tecnologia/2010/11/52/Angola-vai-ministrar-curso-pos-graduacao-telecomunicacoes,6b82ae7f-845a-45b0-a114-518f09a44f2c.html

Sem comentários:

Enviar um comentário