terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Referendo no Sudão decorre sem incidentes

Segundo um responsável da comissão referendária, a taxa de participação no primeiro dia da votação sobre a autodeterminação da região semi-autónoma do Sul do Sudão atingiu 20 por cento.

O ex-presidente Jimmy Carter, um dos observadores internacionais independentes que acompanham a votação, estava contente com o que via: “Não existe qualquer evidência de intimidação, nem de ilegalidades. Segundo o que averiguamos, tudo está a ser feito como de deve ser”.

Perto de quatro milhões de sudaneses do Sul foram chamados às urnas para, até ao dia 15, optarem pela continuação da unidade com o Norte ou a independência.

“Pelo segundo dia a votação continua numa atmosfera calma, e pelo segundo dia há uma grande afluência às mesas de voto.

Pelo segundo dia, a opção da separação parece mais próxima do sul”, refere o enviado especial da Euronews ao Sul do Sudão.

Para que o resultado da votação seja validado, a taxa de participação tem de ser pelo menos de 60 por cento.


http://pt.euronews.net/2011/01/11/referendo-no-sudao-decorre-sem-incidentes/

Sem comentários:

Enviar um comentário