sábado, 1 de janeiro de 2011

PGR poderá contar com mais de trinta novos magistrados em 2011 Angop

A Procuradoria-Geral da República (PGR) de Angola poderá receber, em 2011, mais de trinta novos magistrados, tendo em conta que nos próximos cinco meses o Instituto Nacional de Estudos Judiciários (INEJ) terá concluído o curso de magistrado, iniciado em 2010.

A informação foi avançada pelo procurador geral da República, João Maria de Sousa, durante a cerimónia de cumprimentos de fim de ano do sector, tendo manifestado, na ocasião, a confiança da entrega, até ao final de 2011, de 70 magistrados pelo INEJ.

Ainda assim, disse, não atingirão a quantidade ideal de procuradores no ano de 2011, mas “estaremos a construir as premissas para a cobertura de muitos municípios das longínquas províncias como as do Moxico, Kuando Kubango, Cunene, Huíla, Lunda Norte e Lunda Sul”, frisou.

Nessa perspectiva, informou que, em Janeiro de 2010, a quantidade de procuradores da República, nos seus vários escalões, cifrava-se em 234, tendo sido acrescido a esses 35 o que totalizou 269.

No prosseguimento, João Maria de Sousa disse que o quadro de pessoal da PGR melhorou muito com o ingresso de um certo número de funcionários, a meio do ano de 2010, depois de disponibilizadas as referidas cotas de ingresso.

Sem comentários:

Enviar um comentário