quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Mudanças na Microsoft continuam; chefe de servidores sai

Por Bill Rigby

SEATTLE (Reuters) - O presidente-executivo da Microsoft, Steve Ballmer, afastou o comandante da divisão de servidores da empresa, na mais recente das demissões de executivos de primeiro nível empreendidas pela produtora de software em um esforço para retomar a liderança do setor de tecnologia.

Bob Muglia, que estava na companhia há 23 anos, manterá o posto até a metade do ano a fim de ajudar seu sucessor, ainda não selecionado, a tomar as rédeas da divisão de servidores e ferramentas da Microsoft, que fatura 15 bilhões de dólares anuais. A divisão, a terceira maior da companhia, vende software de banco de dados e servidores a clientes empresariais.

Um memorando interno de Ballmer indica que Muglia foi afastado devido a um desacordo sobre estratégia.

"Bob Muglia e eu temos conversado sobre o negócio em geral e sobre o que é necessário para acelerar nosso crescimento", escreveu Ballmer no memorando, que foi divulgado pela empresa. "Nesse contexto, decidi que agora é a hora de indicar uma nova liderança para a divisão de servidores."

O sucessor ainda não foi indicado. Ballmer afirmou que consideraria candidatos de dentro e de fora da companhia.

"Ao parece ele foi convidado a se retirar", disse Sid Parakh, analista da McAdams Wright Ragen. "Aparentemente houve um desacordo quanto a estratégia."

Muglia, um veterano respeitado da Microsoft, bem pode ressurgir em outra empresa.

"Acreditamos que o nome de Muglia venha a fazer parte da lista para muitos postos de primeiro escalão de empresas de tecnologia", disse Jason Maynard, analista do Wells Fargo.Superada pela Apple como companhia de tecnologia com maior valor de mercado, no ano passado, e com o preço de suas ações estagnado há uma década, a Microsoft vem promovendo mudanças em seu comando executivo já há alguns anos.

Nos últimos 15 meses, saíram o vice-presidente de arquitetura de software, Ray Ozzie; o vice-presidente da divisão Office, Stephen Elop; o vice-presidente da divisão de entretenimento e aparelhos, Robbie Bach; e o vice-presidente financeiro Chris Liddell.

Dos líderes das cinco principais divisões da empresa, apenas Qi Lu, da divisão online, mantém o posto que detinha dois anos atrás.

Sem comentários:

Enviar um comentário