domingo, 2 de janeiro de 2011

Hosni Mubarak Apela à União de Cristãos e Muçulmanos

O chefe de Estado egipcio apelou à união contra as forças do terrorismo e contra aqueles que querem prejudicar a segurança interna, a estabilidade e a unidade.Mubarak também pediu para acelerar a investigação para descobrir quem esteve por trás da explosão que matou 21 pessoas e feriu outras 43.

O Papa Bento XVI pediu aos líderes mundiais para defenderem os cristãos contra a intolerância religiosa, após o atentado a uma igreja na Alexandria ter morto 21 pessoas.Bento XVI proferiu este apelo durante a missa do Dia do Ano Novo na Basílica de São Pedro, em que também foi comemorado o Dia Mundial da Paz.

O apelo ocorreu horas depois de um ataque a uma igreja copta em Alexandria, no Norte do Egipto, que vitimou 21 pessoas.

Os coptas são a maior comunidade cristã no Oriente Médio, que representa entre seis a dez por cento dos 80 milhões de egípcios.

http://www.voanews.com/portuguese/news/01_01_2011_egypt_bombing_pope_react-112749484.html

Sem comentários:

Enviar um comentário