segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Miala” em Liberdade


O regime angolano decidiu por em liberdade este fim de semana (4/Out/08) os antigos membros da direcção dos Serviços de Inteligência externa nomeadamente Maria da Conceição e Antonio Ferraz ambos detidos e julgados em Setembro do ano passado por crime de insubordinação militar no processo que passou a ser conhecido por “caso Miala”.
A soltura oficial foi orientada pelo Tribunal Supremo Militar que através de um acórdão reduziu as penas dos reclusos a metade. Fernando Garcia Miala e Francisco André viram reduzido a sua pena sendo para o primeiro ficado para um ano e três meses
A revisão sobre soltura de Miala foi entre Agosto/Setembro apreciada por responsáveis seniores dos Serviços de Inteligência Interna da linha de Gilberto Veríssimo “Betinho” e Xavier Esteves “Xavita”. Na apreciação feita foi estudada as implicâncias e vantagens que teriam em torno das eleições presidências de 2009. Em gesto de ensaio Miala passou alguns fins de semanas em casa com os familiares.
Meados do segundo semestre do ano em curso foram feitos corredores para que Fernando Miala pedisse publicamente perdão ao Presidente José Eduardo como condição prevista para a sua liberdade. Miala recusou faze-lo retorquindo com o sentimento de que nada fez que atentasse a lealdade do seu antigo patrão.
A liberdade dos antigos chefes da segurança angolana foi estudada de forma restrita. O Advogado de Maria da Conceição, o Jurista David Mendes mostra-se, em certos meios, surpreendido desconhecendo as razões que terão levado ao tribunal em Angola tomar esta decisão “repentina”.
De igual modo, uma corrente conotada como oposição ao regime do MPLA vê o quadro de soltura "imediata" de Miala como arte de futura propagação em fase de campanha para mostrar a “magnitude e bom coração do Presidente José Eduardo dos Santos.”




2 comentários:

  1. I HAVE ONE MY MIND WHANT MY HEARDHOUSE LIKE CHEFE MIALA BEACOUSE HIM DON´T MAKE THIS BUT OUR COUTRY GO ON LOOKFOR AND FUTUR THED HIM WE HEARDHOUSE WORK ALOT OF FOR OUR COUNTRY DEVELOP

    ResponderEliminar
  2. PESSO AS MINHAS SINCERAS, DESCULPAS O QUE ACONTECEU COM AS ELEÇÕES, A QUE EM ANGOLA MAIS NUM PAÍS DEMOCOCRÁTICO DE DIREITO, NÃO PODE OCORRER FRAUDE DESTA FORMA, QUE O CENÁRIO INTERNACIONAL OLHO MAIS NÃO DEU MAIOR IMPORTÂNCIA NO QUE ACONTECEU.
    SR.DIRIGENTES DESTE BELO E MARAVILHOSO PAÍS NÃO FAZEM QUE NÓS JOVENS PERCAMOS AS ESPERANSAS DE VIVER NUM PAÍS ONDE SÓ A OPURTUNIDADE PARA ALGUNS PARA OUTROS NÃO PENSAM!!! SR.PR. NÃO TRABALHAMOS PORQUE O PAÍS NÃO DA CONDIÇÕES PARA MUINTOS TRABALHAR JÁ ESTAMOS NUM PAÍS QUE ESTA A SEIS ANOS DE PÁIS MAIS AS CONDIÇÕES SÃO SEMPRE PRECARIAS.ONDE VAMOS PARAR COM ESTE NOVO PARLAMENTO QUE FORA EMITIDO JÁ A DOIS DIAS QUE O PRESIDENTE A PENAS ESTA COMEÇAR UMA PRÁTICA MAIS FUNDO DA POLITICA.NÃO SABEMOS ONDE FOI PARAR O SENHOR AGNALDO JAIME EX MIN.ADJ.DO 1ºMIN.

    ResponderEliminar